Aprenda como tomar Creatina

Há diversas possibilidades no que diz respeito a como tomar creatina. Pode ser saturada ou não-saturada, pode ser creatina de diversos tipos, pode ser duas vezes ao dia, pode ser quatro vezes ao dia por um determinado período de tempo, enfim, são muitas as especificações para que se consiga obter o melhor proveito da creatina.

Contudo, apresentaremos e analisaremos a seguir quais as vantagens e desvantagens dos tipos de creatina e como se pode tomar esta substância, a fim de que você consiga identificar quais os procedimentos que mais se adequam ao que você espera obter.Como tomar Creatina

Os tipos de creatina

No mercado atual, podem ser encontrados diversos tipos de creatina. Mas, como saber qual é a ideal para você? Pensando nisso, desenvolvemos este artigo, que visa fazer com que você possa tomar a melhor decisão na hora de adquirir a creatina ideal para o seu corpo.

Através das informações que você precisa saber para cada um dos tipos de creatina, você conseguirá identificar qual se adequa melhor ao seu corpo, ao seu estilo de vida e às suas necessidades.

1 Creatina em pó

É o tipo de creatina mais popular. Pode se dividir em creatina pura e creatina em pó com aditivos. Estes aditivos são geralmente aminoácidos e outros nutrientes ligados ao desenvolvimento do músculo, sendo capazes de gerar um ganho muscular de até seis quilos em uma semana.

A creatina universal é uma das mais recomendadas para se obter a musculatura ideal em pouco tempo. Recentemente, também é comercializada a creatina em pó micronizada, que é apontada como capaz de proporcionar uma absorção mais rápida do que a creatina tradicional.

2 Creatina líquida

Assim como a creatina micronizada, apresenta uma rápida velocidade de absorção pelo organismo. A sua utilização é aconselhada para pouco tempo antes do treino, e ainda apresenta-se como a mais branda em relação às atividades intestinais.

3 Creatina em cápsulas/ comprimidos

Este tipo de suplemente alimentar não apresenta qualquer tipo de aditivo e para ingeri-lo não se faz necessário misturá-lo a água ou qualquer outra substância.

Trata-se da forma mais prática e fácil de se tomar creatina, no entanto, não apresenta uma rápida absorção pelo organismo como os demais. Este tipo de creatina não é micronizado.

Afinal, qual devo tomar?

Você deve optar pelo tipo de creatina que se adequa melhor às suas necessidades, ao tempo em que você tem determinado para atingir o corpo ideal, ao seu estilo de vida e, principalmente, a forma como você prefere ingerir a creatina.

Além dos tipos de creatina que detalhamos, o mercado ainda disponibiliza versões efervescentes e mastigáveis. São infinitas opções para que você consiga obter a musculatura desejada.

Como devo tomar Creatina?

Destacamos duas formas principais de se tomar creatina, são elas, saturada e não-saturada. Para aquelas pessoas que não sabem como funciona a saturação da creatina, é um processo muito simples, que consiste em tomar cinco gramas (uma colher de sobremesa) de creatina sendo quatro vezes ao dia durante cinco dias, totalizando vinte gramas neste período.

A seguir, vem a fase de manutenção, em que é possível que seja ingerida três ou cinco gramas por dia até que acabe o pote. Sem a fase de saturação, trata-se de um processo mais econômico, podendo ir diretamente para a fase de manutenção.

Uma pesquisa do instituto Karolinska na Suécia apontou que quase não há diferenças nos resultados obtidos através da ingestão de creatina saturada ou não-saturada, levando em conta que os dados obtidos foram o aumento de 20% de creatina no músculo em ambos os casos.

Outra dúvida frequente de como tomar creatina é quanto à periodicidade e se é recomendável que se tome mesmo sem a prática de atividade física. Então, os especialistas aconselham que a creatina seja ingerida mesmo em dias em que não ocorre o treinamento, podendo ser reduzida a dosagem nestes dias.

Muitas pessoas seguem tomando a mesma quantidade e geralmente obtém os resultados esperados, então, a dosagem não precisa variar de acordo com a prática de atividades físicas, mas é altamente recomendável que se tome a creatina todos os dias.

Em relação à periodicidade, o mais aconselhável é a técnica dois por dois, sendo dois meses de ingestão diária e dois meses sem tomar nem um grama.

Com tudo o que apresentamos neste artigo, você já deve ter conseguido identificar qual é o melhor tipo de creatina para que você consiga atingir a massa corporal que busca e, ainda, já deve ter conseguido perceber como é o procedimento para se tomar creatina que melhor se adequa ao seu estilo de vida e aos seus objetivos.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *