Melancia: 5 benefícios comprovados cientificamente

Melancia madura (foto: southernexposure)

Comer qualquer tipo de frutas já é muito indicado para a nossa saúde, e quando o hábito passa a ser constante nos sentimos ainda melhor, com mais disposição para realizar nossas atividades e sem cansaços que acontecem quando comemos porcarias e alimentos gordurosos.

A maioria das frutas são ricas em potássio e são diuréticas, como o caso da melancia. Ela é muito indicada para pessoas com problemas renais e que precisam desinchar a barriga.

A seguir, confira alguns benefícios comprovados cientificamente com o hábito de comer melancia regularmente e também pode aprender como escolher melancia da maneira correta.

1. Garante a sua hidratação

Sabemos que mais de 50% do nosso corpo é composto de água. Quando não tomamos água, ficamos desidratados e o principal problema que pode aparecer em nosso corpo são os cálculos renais (famosas pedras nos rins).

A melancia é uma fruta rica em água, com cerca de 92% de sua composição. Caso você não tenha o costume de beber água, fazer suco de polpa de melancia ou comer pelo menos um pedaço da fruta todos os dias, ajuda tanto na hidratação como beber 1 litro de água por dia.

2. Nutrientes

É uma fruta com baixos índices calóricos. São apenas 46 calorias a cada xícara, tendo menos calorias que bananas e maçãs por exemplo. Veja algumas das principais vitaminas dessa fruta:

Vitamina C: 21% da Ingestão Diária Recomendada.

Vitamina A: 18% de Ingestão Diária Recomendada.

Potássio: 5% da Ingestão Diária Recomendada.

Magnésio: 4% da Ingestão Diária Recomendada.

3. Combate e prevenção do câncer

Através de pesquisas, foi constatado que a presença de compostos vegetais encontrados na melancia tem uma relação no consumo de licopeno e um risco baixo de ter câncer no sistema digestivo, como o câncer de intestino, esôfago e estomago.

Outra vitamina presente na melancia é a cucurbitacina, que também pode combater riscos de tumores.

4. Prevenção contra doenças cardiovasculares

Todo mundo tem muito medo de ter um possível enfarte ou sofrer com o maior mau do século em doenças fatais, como é o caso de câncer no coração ou processos cardiovasculares de alto risco.

A má alimentação é um dos principais fatores para a contribuição de risco e ataque cardíaco, principalmente na baixa ingestão de frutas e fibras, com uma dieta rica em proteínas e alimentos saturados.

A melancia ajuda a diminuir a pressão arterial, sendo que o licopeno é a substancia capaz de diminuir o colesterol, pressão sanguínea e danos de oxidação no corpo. Consequentemente com a má circulação do corpo, a pessoa corre risco de desmaiar e sofrer com tonturas.

5. Ajuda na perda de peso

Por contar com resíduos antioxidantes, a melancia ajuda a diminuir o inchaço abdominal, mais conhecido por barriga de chopp. A melancia elimina as toxinas do corpo, que podem ficar presas nos tratos digestivos e região abdominal, fatores para doenças renais e intestinais.

O Consumo de melancia diário é indicado por nutricionistas e pessoas relacionadas a alimentação saudável. O ideal é come-la após as refeições, como no almoço ou no lanche da tarde.

Se este artigo foi útil para você, não esqueça de deixar seu comentário!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *